Loading

Notícia

Senepol: PMGS chega aos Estados Unidos

O programa acaba de ser adotado pelo criatório norte-americano Sacramento Farms.

O Programa de Melhoramento Genético da Raça Senepol (PMGS) começou a atuar também em outros países. Considerado um dos maiores criatórios da raça nos Estados Unidos, o Sacramento Farms é o primeiro rebanho selecionado no exterior a integrar o PMGS. A propriedade está localizada em Okeechobee, no estado da Flórida, e pertence ao engenheiro-agrônomo e criador Sebastião Fogaça de Aguiar. “Aqui nos Estados Unidos, participo da Senepol Cattle Breeders Association, mas, por ser uma entidade pequena, não temos um programa de melhoramento completo como o do Brasil, que já tem DEPs genômicas. Decidi aderir ao PMGS por ser conduzido por entidades sérias, como a Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol e a Embrapa/Geneplus, e ter renomados pesquisadores à frente das avaliações genéticas e genômicas”, explica Sebastião, que tomou a decisão de participar do programa após assistir a uma palestra do pesquisador da Embrapa Gado de Corte, Gilberto Menezes, sobre o PMGS, durante a convenção internacional da raça no ano passado.

Recentemente, o coordenador do Geneplus, Maury Dorta, visitou a Sacramento Farms para dar início ao planejamento genético do rebanho. “O trabalho que fizemos foi acasalar todas as matrizes e escolher as doadoras para transferência de embriões, tudo baseado nas informações de DEPs genômicas, histórico de produção das vacas na fazenda e caracterização racial”, afirma Maury.

Quase todas as matrizes Senepol da fazenda foram genotipadas e todos os touros usados nos acasalamentos possuem avaliação genômica pelo Sumário PMGS/Geneplus 2019, primeira edição a trazer DEPs Genômicas da raça. Os animais também foram genotipados para slick hair (relativo à capacidade que um bovino possui de tolerar altas temperaturas do ambiente) e musculatura dupla (é responsável pelo desenvolvimento anormal da massa muscular nos animais por conta da produção de um fator de crescimento), duas características. “Só usamos touros homozigotos livres de alelos para musculatura dupla, homozigotos para slick hair e top no IQG Geneplus”, complementa Dorta.

A Sacramento Farms conta atualmente com 300 animais. A história do plantel com a raça começou em 1998, quando Sebastião adquiriu um touro meio-sangue Senepol X Caracu. “Esse touro deixou em uma estação de monta 131 filhos. Os bezerros eram extraordinários e apresentavam muitas características da raça Senepol. Por conta desse resultado, decidi investir na raça”, lembra Sebastião.

Em 2000, um ano após se mudar para Okeechobee, iniciou a criação de Senepol por lá ao adquirir o rebanho que pertencia à Leachman Cattle Co. Em 2001, deu início à seleção de animais puros Senepol também no Brasil. O criador adquiriu embriões dos Estados Unidos, em parceria com a CFM, para formar as primeiras matrizes Senepol de seu plantel, localizado em Paranaíba/MS.

A base do rebanho é a genética Senepol selecionada nos Estados Unidos e nas Ilhas Virgens (local de origem da raça no mundo). “No início, contamos com a orientação do pesquisador da Embrapa, Luís Otávio Campos, que fazia pós-doutorado na Geórgia e sempre visitava a fazenda. Na época, a seleção era apoiada em fenótipo e DEP de pedigree. Depois, fomos adotando novas técnicas que surgiram e, agora, estamos aderindo ao genoma”, diz Sebastião.

Em 2012, o criador decidiu concentrar suas atividades apenas nos Estados Unidos e vendeu todo o plantel (incluindo exemplares puros e S1 e S2) no Brasil. “Participar do PMGS será uma oportunidade única para evoluir ainda mais no meu processo de seleção”, finaliza o criador.

Fundado em 2017 pela Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol, o PMGS conta atualmente com 192 rebanhos inscritos. Primeiro programa da raça no mundo a lançar DEPS Genômicas, é baseado em quatro pilares: Serviço de Registro Genealógico, Provas Zootécnicas, Avaliação Genética e Genômica. É desenvolvido em parceria com a Embrapa Gado de Corte.

11/11/2019